27 de janeiro de 2019

Marketing Digital: os 9 problemas recorrentes.

O que pode melhorar no marketing digital do seu negócio? Descubra agora!


Você está pronto pra olhar o todo e saber onde está o problema do marketing digital do seu negócio? Este post irá identificar os 9 problemas do marketing digital e propor soluções pra que o marketing do seu negócio seja feito de um jeito mais criativo e autêntico e atinja o público esperado!  

A Espaçonave existe desde 2010, e desde então a comandante Rafa Cappai se colocou um desafio: aprender coisas que podiam não só estimular e aperfeiçoar suas paixões, mas que também pudessem ser compartilháveis com nossos alunos, aka astronautas. Nesses 8 anos, através de conversas e suporte aos astronautas, percebemos que muitos empreendedores acham que o problema do marketing está num lugar e buscam remediar, através de fórmulas e receitas mágicas com intuito de obter melhores resultados, sem antes olhar o todo e dar uma aprofundada na investigação.

A verdade é que se não conhecermos o processo de ponta a ponta, não vamos conseguir criar estratégias de marketing que realmente funcionam, que vendem e conectam seu trabalho a sua audiência.

Pense um pouco: Onde você acredita que está o problema do marketing do seu negócio hoje? Qual é o abacaxi que no marketing digital do seu negócio está precisando descascar?

Os 9 problemas do marketing aqui compilados foram pinçados ao longo dos anos, pois percebemos que eles eram recorrentemente relatados como uma dor durante os papos com nossos astronautas em aulas e mentorias. Por isso hoje compartilhamos essa lista com todos eles, com intuito de te ajudar ter mais clareza sobre quais ações tomar rumo a um negócio sustentável e um marketing digital mais criativo e autêntico! 


Quer atingir os tais clientes ideais? Consequentemente vender mais? Ter o retorno esperado dos seus investimentos no marketing?

Queremos te propor um desafio: topas olhar com visão de gavião pro marketing do seu negócio? Então vamos lá!

Um processo de marketing digital azeitadinho é aquele que as pessoas chegam, compram e continuam comprando.

Mas como fazer? Parece simples, mas e se os resultados não saírem como o esperado?

O marketing do seu negócio está patinando?

Então essa é a hora de aprender coisas novas, ajustar o que for preciso e dar um “upgrade” pra escalar essa área do seu negócio e atingir seu objetivo: um processo de marketing redondinho pra chamar de seu!  


Marketing Digital: os 9 problemas recorrentes

1 – O problema é o problema!

De maneira rústica e sistemática, podemos dizer que o papel do marketing é divulgar com o intuito de vender mais, certo?! SIM!

Porém, entretanto, todavia, às vezes esse processo de comunicação e conexão pode se tornar nebuloso e pouco claro pra quem está do outro lado, ou seja, sua audiência.

A gente cria coisas e não pensa se essas coisas terão uma ponte com o outro, pra ajudá-lo, inspirá-lo e transformá-lo. ~ Rafa Cappai.

Um dos problemas recorrentes de marketing é a dificuldade de identificar e comunicar a transformação que o público irá passar através do valor gerado pelo produto/serviço produzido por você.

Será que esse é um calcanhar de Áquiles do seu marketing? Vamos ver:

Você saberia nos dizer de forma sintética e clara qual é o problema (ou dor) que seu produto/serviço busca resolver? Qual a transformação ele gerará em seu cliente?

Definir e comunicar de forma clara o que seu negócio irá contribuir para solução de um problema da sua audiência.

Se você pestanejou na hora de responder essa pergunta aí de cima, dedique-se em refletir, analisar o seu negócio e colocar no papel qual o problema do seu cliente você resolve através dos produtos e serviços que desenvolve.

Pode filosofar à vontade! O exercício é livre, reflexivo e merece toda atenção!

2 – Não saber qual é o cliente ideal

Você também tem dificuldade de se conectar com a galera que dará o match com o seu trabalho?

Acontece, acontece nos melhores negócios. Mas como construir a persona, ou seja, um perfil detalhado da pessoa que pode se interessar pelo seu trabalho?

Se dispa de você e mergulhe nesse cliente ideal!

A gente escolhe um terreninho pra começar e aos poucos vamos ampliando os campos pra se comunicar. ~ Rafa Cappai.

Mergulhe nas pessoas que têm o problema que seu negócio busca resolver. Investigue! Seus hábitos, sonhos, desejos, o que ela compra no supermercado, o que ela gosta de fazer nas férias, se prefere panetone ou chocotone, se é #teamuvapassas ou não, por aí vaí…

O tom da sua comunicação pre ci sa estar alinhado com aquilo que sua persona busca, só assim sua mensagem será ouvida e seu trabalho reconhecido.

Se articule! Antes mesmo de lançar um novo produto ou continuar patinando naquela oferta que não impacta ninguém, se movimente!

3 – Produtos que ninguém quer comprar

Se você pulou os problemas 1 e 2, volte algumas casas, porque se identificá-los no processo de marketing do seu negócio, certamente o terceiro também vai pegar!

Se você tem produtos e eles não estão vendendo, já deve ter se perguntado: “o que está faltando neles?”

Dominar o processo de criação de um novo produto de ponta a ponta implica antes de mais nada se questionar e questionar a ideia!

Usar a criatividade é uma delícia! Mas aí você tira a ideia do papel, cri… cri…cri…, ninguém se interessa por sua ideia!

Lembre-se sempre disso:

Colocar uma ideia de produto na frente do problema = criar produtos que não resolvem problemas = seu trabalho não irá impactar ninguém!

Pra criar soluções inventivas, produtos que encantam, ser criativo&empreendedor requer observação, olhar atento pra resolução de problemas de maneira inovadora, criativa e autêntica. Pince o desejo da sua audiência, entregue o esperado e um pouco mais, por que não? 

Pensa só, Henry Ford poderia até ter criado cavalos mais velozes, seu público ficaria satisfeito com isso, mas foi lá e entregou um Q a mais.

Um pouco de “fordismo” não faz mal a nenhum negócio, né? Antes mesmo de lançar uma ideia, reflita: Pra que e pra quem esse produto irá existir?

4 – Precificação

Você precificou o seu produto de maneira errada e ele não está sendo capaz de comunicar o valor que possui ou está muito caro em relação ao valor que entrega.

Colocar preço em um produto não é tarefa fácil, fatores tangíveis, como os custos fixos, e intangíveis, como a criatividade, influenciam diretamente nessa conta. Além de precificar é preciso também comunicar!

Se um produto não foi precificado estrategicamente as pessoas não vão reconhecer o valor entregue por ele e consequentemente vão deixar de lado a opção de investir em seu trabalho.

Como descascar esse abacaxi?

Precifique seu produto de maneira estratégica. Faça uma pesquisa de coopetidores e um levantamento caprichado dos fatores que impactam no valor monetário que seu cliente irá investir, pense em como será a entrega desse serviço, isso irá gerar mais clareza pra você e te permitirá construir uma comunicação linear com o público que acompanha e consome o seu trabalho.

5 – Estar no lugar errado

Seu produto está redondinho, os problemas 1, 2, 3 e 4 não te representam, mas aí na hora da distribuição e comunicação com sua audiência, você sente que está no lugar errado?

Você não encontrou os canais de distribuições corretos para conversar com o seu público-alvo ou você não está pensando estrategicamente nos canais de distribuição.

O digital nos permite gerar conversas em vários lugares, mas será mesmo que você precisa estar em todos eles? Certamente NÃO.

Precisamos ser sinceros:

Postar por postar não gerará efeito algum, mesmo nessa onipresença digital!

Primeiramente saiba onde seu público-alvo está e lá será o seu lugar!

Além disso, você precisa ter clareza dos canais em que atua e quais as funções de cada um deles. E não para por aí, viu?

Ter metas claras específicas por canais irá te facilitar na hora de criar conteúdo que engaja e campanhas de marketing que convertam!

6 – Não dominar o processo

E aí o marketing digital chegou de mansinho e você percebeu que seria uma boa investir nessas estratégias pro seu negócio. Começou produzir conteúdo, teve uma ideia de post ali, outra aqui e logo foi perdendo o ritmo, até que os seus canais começaram a ganhar teias de aranha.

Feed de Instagram sozinho, às moscas, não faz venda não! E isso também vale pra loja online, canal no Youtube, site, etc…

Um processo de marketing consistente é aquele que gera tráfego, movimento de pessoas que se interessam por parar, olhar sua “vitrine” e entrar.

Como fazer com que as pessoas prestem atenção em você?  Conteúdo de qualidade que ensina, inspira!

Crie com consistência, ofereça transformação de fato, conduza sua audiência por um caminho de entrega de valor desde o post na rede social até chegar no seu produto premium.

Você quer que tenha gente chegando recorrentemente, comprando recorrentemente e recomprando recorrentemente? Crie possibilidades dessas pessoas interagirem com você, sua marca, seus serviços e produtos.

O papel do marketing feito com propósito e autenticidade é impactar pessoas que estão orbitando seu trabalho! Mãos à obra e domine o processo de marketing do seu negócio! <3

Se ainda está em dúvida, pode estar se perguntando: “Qual intuito de produzir conteúdo?” Mover o seu cliente pra ação! Conduzi-lo por um caminho estratégico de reconhecimento daquilo que você comunica até adquirir o que você vende.

7 – O medo de se vender

Já empreende, mas arrepia só de ouvir a palavra marketing e se agarrou na crença de “não saber vender”, se distanciando da oportunidade de levar seu trabalho pra mais gente?

Se a gente só ficar aqui, esperando que as pessoas reajam sem a gente criar estímulos, não adianta. ~ Rafa Cappai

Você acredita na transformação que seu trabalho pode proporcionar?

Então já é meio caminho andado.

Mas como levar isso pro mundo e mandar pra escanteio esse medo de me vender?

Mostre pra sua galera aquilo que gerará valor pra ela, enriqueça a experiência dessas pessoas com inspiração e estímulos, reafirme sua existência através de estratégias criativas, autênticas e com significado. Coloque-se a serviço!

Crie ofertar recorrentes, faça um planejamento de campanhas, promoções, ações. Convide pessoas pra participar do processo e as dê estímulos criativos e empáticos pra partirem pra ação, que é comprar o seu produto ou serviço.

“Se vender”, na economia criativa e com significado, não é sair gritando ao léu “compre, compre, compre” é contar histórias que fortaleçam a sua marca, o seu propósito e o porquê do seu negócio. Sua audiência precisa se apaixonar por seus processos, só você pode fazer isso acontecer! <3

8 – Negócio de uma venda só

Nenhum dos problemas que já mapeamos te pegou?

O marketing do seu negócio está chuchu beleza, tem gente chegando e comprando?

Isso é ótimo! Mas como você tem cuidado dos clientes que JÁ estão com você?

Como continuar conversando e gerando valor para pessoas que já conhecem o seu trabalho?

Nem sempre é fácil cuidar de processos para os “calouros” e “veteranos”, ainda mais quando se é “eupreendedor”. Mas não é uma tarefa impossível!

Se você já conhece sua persona (caso ainda não conheça volte ao Problema 02!), essa é a hora de voltar a analisar esse perfil e se perguntar: O que mais posso oferecer ao meu público?

Crie então ofertas que encante e fidelize essas pessoas que já te acompanham, transformando essa relação e os dando pezinho pra se tornarem super clientes! Daqueles que te indicam no famoso&poderoso boca a boca, interagem, geram conversas e trocam com você.

A sustentabilidade do seu negócio agradece! 

9 – Sua marca não impacta!

Como fortalecer a minha marca? Como ser uma love branding?

Love branding é o termo utilizado pelo marketing pra descrever um estágio de super conexão entre marca e audiência! Aquele estágio que a marca encontrou seu jeito único de expressão e se relaciona de maneira consistente com sua galera, gerando valor e levando para os quatro cantos do mundo o seu propósito.

O caminho para o fortalecimento de marca nem sempre é claro e o processo de encontrar as respostas pode ser um pouco doloroso. Tem doido aí?

O cuidado com sua marca é o laço de fita que você coloca no seu trabalho ~ Rafa Cappai

Uma marca apaixonante é aquela que comunica, gera confiança, autoridade e inspira seus clientes, ofertando a eles uma experiência verdadeiramente única, fazendo seus olhinhos brilharem e dando aquele desejo de “quero mais”.

O que fazer pra descascar esse abacaxi do marketing digital do meu negócio? Focar em diferenciação e em construção de autoridade!

A princípio isso pode parecer complexo, e não podemos negar, de fato é um processo de investigação profunda, mas que você, seu negócio e sua audiência merecem! <3 


Agora que você já conhece os nove problemas recorrentes no marketing digital, o que acha de começar o ano sabendo exatamente o que fazer no seu marketing?

Topas vir com a gente em 3 dias de imersão pra transformar o marketing digital do seu negócio?

A ideia é investigar a fundo os problemas do seu marketing, através de exercícios que vão te ajudar aperfeiçoar o plano de marketing do seu negócio! Serão dias de muita mão na massa, com bom papo com outros empreendedores que assim como você, estão em busca de comunicar de um jeito mais dinâmico com sua audiência. Demais, né?!

Participe da Imersão Presencial Espaçonave Missão: Marketing Digital Autêntico, nos dias 01, 02 e 03 de Fevereiro de 2019 em São Paulo – SP. Clique aqui e saiba mais!


Hora de recapitular!

Identificou algum desses problemas no marketing digital do seu negócio? Chegou a hora de entrar em ação e reverter essa situação! 

1 – Esclareça o problema

Escreva um pequeno parágrafo respondendo à pergunta: “Qual problema do cliente seu serviço/produto resolve?”  

2 – Encontre seu cliente ideal

Desenhe a sua persona! Investigue os hábitos, a faixa etária, a região, os sonhos, as metas que seu público tem em comum.  Encontre alguns dos padrões de comportamento e costume (aqueles mensuráveis, claro!) das pessoas que podem se sentir impactada positivamente com o seu trabalho.

3 – Crie produtos transformadores!

Antes de ter qualquer nova ideia, pense: Essa ideia poderá contribuir pra amenizar um problema da minha persona?

4 – Dê o devido valor!

Pesquise se já tem gente oferecendo produtos/serviços similares ao que você irá lançar.

Tenha em mente também como será sua entrega e precifique o seu trabalho de maneira estratégica.

5 – Encontre o seu lugar!

Analise as métricas dos últimos 6 meses em cada uma das redes que divulga o seu trabalho.

Coloque na ponta do lápis também os possíveis gastos com anúncios pagos. Analise o engajamento e as interações, foque naqueles canais (ou apenas NAQUELE) que você percebeu, através dos dados, que sua audiência corresponde melhor.

Um bom jeito de analisar campanhas é criar links tagueados por canais, como eles são rastreáveis você poderá dimensionar melhor o que funciona ou não e também estabelecer metas mais claras.

Na Imersão Espaçonave Missão Marketing Digital Autêntico nós teremos uma aula de estratégias fáceis e aplicáveis, como essa do link tagueado, pra otimizar o seu marketing. Clique aqui e saiba mais!

6 –  Domine o processo!

Crie possibilidades dessas pessoas interagirem com você, sua marca, seus serviços e produtos. Isso pode acontecer através de promoções, conteúdo e ações especiais.

Construa um cronograma editorial e de campanhas, se organize e mãos à obra! Criatividade é recurso inesgotável, por aí, né?! Explore! <3

7 –  Coloque-se a serviço!

Comunique o seu porquê, dê estímulos pra que sua audiência chegue até você e se conecte com o propósito do seu negócio. Se posicione de maneira empática e criativa, e dê pezinho pra sua galera partir pra ação, que é comprar o seu produto ou serviço.

8 – Ofereça mais!

Volte o contato com sua audiência e pergunte: o que mais posso oferecer pra vocês?

Investigue nos comentários, nos e-mails, nas conversas que já rolaram, os insights pra novos produtos poderão surgir dali!

9 – Torne-se uma love branding!

Adicione o máximo de criatividade na sua marca e faça com que as pessoas se encantem pela autenticidade do seu trabalho.

Dê um laçarote bem dado e vistoso, arrematando o seu trabalho! Um laço bonito gera curiosidade pra saber o recheio do pacote.  

Encontre a voz que comunica e posiciona o seu trabalho nesse mundão! Crie conexões através de histórias, pra que percebam que você entende do babado.


Já sabe qual será a primeira coisa que você vai fazer agora que já identificou o que precisa ser aperfeiçoado no marketing do seu negócio? Então, mãos à obra! \o/

Receba dicas de como transformar
paixão e talento em negócio!