A diferença entre sabotadores e multipotenciais

A diferença entre sabotadores e multipotenciais

Você sabe dizer qual é a principal diferença entre sabotadores e multipotenciais? Existem algumas características muito específicas desses dois tipos de pessoas que pode fazer muita diferença na forma como você se relaciona com a sua jornada criativa.

Por isso, hoje, a gente decidiu te mostrar como agem sabotadores e multipotenciais pra que você identifique se está reproduzindo algum dos padrões de comportamento e comece a viver uma vida de multipotencialidade.

Como agem os sabotadores

Os sabotadores são aquelas pessoas que sempre largam tudo pela metade. Sabe aquela pessoa que sempre começa um novo projeto atrás do outro, mas nunca termina nenhum? Aquela pessoa que abandona seus negócios para começar outro porque acredita que a felicidade sempre tá na próxima ideia?

Essas pessoas têm muitas dificuldades para evoluir. Elas não conseguem somar. A mente de quem age dessa forma é de que seus conhecimentos e habilidades são excludentes. Todas as vezes que você desenvolve algum novo potencial, precisa deixar de lado tudo aquilo que aprendeu até aqui para começar uma nova jornada.

A gente que é multipotencial, que tem diversas habilidades e paixões, costumam ser enxergado dessa forma pelas pessoas ao redor, mas, acredite, é possível ser multipotencial com uma visão sustentável da sua jornada criativa e parar de se sabotar.

Multipotencial não é sabotador

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que ser multipotencial não é sinônimo de ser sabotador. Muito pelo contrário!

Pensa bem, a multipotencialidade significa que você tem muitos talentos e habilidades. Você não precisa abrir mão delas, mas incluir essas habilidades naquilo que você faz pra trazer mais da sua essência ao seu negócio criativo.

Um dos principais motivos pros multipotenciais se sabotarem sempre pulando de um novo projeto para o outro é porque a gente aprende durante vida toda que foco é abrir mão de tudo para perseguir apenas um caminho.

Aqui na Nave, a gente entende que foco é abrir mão de tudo aquilo que não faz sentido pra você pra fazer só aquilo que tá na sua essência.

Ou seja, se você descobriu uma nova paixão, isso não significa que você precisa abrir mão de todos os seus potenciais para perseguí-la. Se você fizer isso, é bem provável que abandone essa nova paixão assim que descobrir um novo potencial.

Na visão sustentável da multipotencialidade, a gente entende que novas paixões e conhecimentos são agregados ao que nós já somos apaixonados e sabemos fazer. Um novo potencial nunca vem pra excluir. Sempre pra somar!

Fuja da autossabotagem

Agora que você consegue entender a diferença entre sabotadores e multipotenciais, cabe a você criar novos hábitos e padrões para fugir da autossabotagem.

O multipotencial parte da abundância. O sabator parte da escassez.

Ou seja, a gente que é multipotencial sempre quer trazer mais e mais. A gente se sente desfalcado, quase que ferido, quando precisa abrir mão de algo. Isso porque a abundância de conhecimento, abundância de paixões, a abundância de habilidades, faz parte da gente.

O sabotador parte do princípio de que, para algo entrar na sua vida, ele precisa abrir mão de algo.

Você quer trilhar sua jornada criativa na abundância ou na escassez?

Jornada Criativa

Descubra seu próximo passo

Bora descobrir em que momento da sua jornada criativa você está? Aqui na Nave, a gente tem um quiz que vai te ajudar a encontrar o próximo passo

Outras postagens
Capital Humano: o principal recurso dos multipotenciais!

Capital Humano: o principal recurso dos multipotenciais!

Você talvez nunca tenha pensado qual é o principal recurso de pessoas multipotenciais. Afinal, são muitas áreas de conhecimento...
O poder da multipotencialidade em tempos de especialidade

O poder da multipotencialidade em tempos de especialidade

Você passou tanto tempo ouvindo as pessoas dizerem que precisava se tornar especialista em alguma área de trabalho que...
Como encontrar seu público-alvo?

Como encontrar seu público-alvo?

Encontrar o seu público-alvo é um dos passos mais importantes pro seu negócio crescer de um jeito sustentável. E...
Como transformar seu hobby em um negócio

Como transformar seu hobby em um negócio

Você já pensou que pode transformar seu hobby em um negócio sustentável? E se você está pensando algo como...
O que é um negócio de expressão?

O que é um negócio de expressão?

Você já tem um negócio de expressão? Pra gente, os melhores negócios não são aqueles que estão na lista...
6 maiores desafios do empreendedorismo criativo

6 maiores desafios do empreendedorismo criativo

A gente sempre ouve muitas pessoas falando sobre o os desafios do empreendedorismo, mas você já pensou que empreendedores...