Como praticar mindfulness com as crianças?

E ensiná-las a valorizar o aqui e o agora.


Você acredita que família e escola influenciam nos hábitos das crianças? Tem observado que a relação das crianças com o mundo ao redor tem sido prejudicada devido ao tempo que elas investem atrás das telinhas? Está em busca de formas de se conectar com a criançada e trazê-las mais pro real e dar uma pausa no digital?

Andréa e Hélade Cappai, da Mindful Academy, estão com você nessa empreitada! Elas são irmãs, educadoras e empreendedoras criativas que buscam transformar os hábitos dos pequenos através das técnicas de mindfulness, convidando as crianças a se perceberem e perceberem os elementos, cheiros, reações e sensações de um jeito mais atento e pleno.

Se até mesmo para nós, adultos, não é nada fácil a missão de parar, respirar, perceber e sintonizar, pense como é para as crianças que já nasceram submersas em tecnologias e informações e a cada instante recebem um novo estímulo.

Para as crianças conseguirem dar uma pausa e focarem sua atenção, Andréa e Hélade construíram uma metodologia criativa e lúdica para ajudá-las a meditar e praticar exercícios de mindfulness no seu dia-a-dia.

Durante o papo elas contaram o que fazem para fisgar a atenção das crianças, e também:

  • qual é a diferença entre mindfulness e meditação;
  • dicas de atividades para tirar as crianças da frente das telinhas;
  • qual o primeiro passo para começar a praticar o mindfulness com as crianças;
  • dicas de ferramentas criativas para estimular a prática de meditação infantil;
  • a importância de respeitar o tempo da criança;
  • os benefícios da mudança de hábitos na rotina dos pimpolhos;
  • o melhor horário para as crianças praticarem a meditação;
  • aplicativos que têm meditação guiada para crianças;
  • meditação na escola: as transformações que as práticas de mindfulness trazem para o foco e a aprendizagem e
  • o papel dos pais e educadores nesse processo de mudança do estilo de vida da criança.

Para conferir o papo, vem cá:

 Os pais, os professores, as pessoas que estão envolvidas na educação da criança podem sim ensinar a criança a se auto-regular, ter compaixão, ter empatia, ser generoso, ser grato, isso se ensina. ~ Andréa e Hélade Cappai

Agora que a gente já sabe sacou a importância desse processo de busca do equilíbrio, concentração e da conexão consigo mesmo não só para as crianças mas também para os adultos, conta pra gente:

Sabe aquele momento que as coisas não vão bem? Você já pensou na hipótese de olhar pra dentro e ao redor com mais zelo e atenção?  Qual o impacto essa nova percepção traria a sua vida e também ao seu negócio?

Simbora colocar em prática aí em casa? 🍃


Para saber mais sobre a Mindful Academy, clique aqui.

Outras postagens
5 dicas pra empreendedores criativos venderem de forma autêntica

5 dicas pra empreendedores criativos venderem de forma autêntica

Vender de forma autêntica não é complicado como muitas pessoas fazem parecer. O caminho é abrir mão de hacks...
Como trabalhar com uma copy autêntica e persuasiva!

Como trabalhar com uma copy autêntica e persuasiva!

A forma como você se comunica com o seu público é um dos fatores mais importantes pro sucesso do...
Como definir o público-alvo em 7 passos!

Como definir o público-alvo em 7 passos!

Definir o público-alvo de um negócio é um dos passos mais importantes de todas as estratégias. É quase que...
Branding: Como trabalhar a imagem do seu trabalho criativo

Branding: Como trabalhar a imagem do seu trabalho criativo

Você, com certeza, já ouviu falar muito de branding. Essa é uma palavra muito famosa no meio do empreendedorismo,...
O que é Método AIDAR? E como usar em negócios criativos?

O que é Método AIDAR? E como usar em negócios criativos?

Você já ouviu falar em Método AIDAR? E em AIDA? Esse é um modelo de vendas, marketing e comunicação...
4 estratégias de vendas pra aplicar no seu negócio criativo

4 estratégias de vendas pra aplicar no seu negócio criativo

Você já pensou que é possível escalar o seu negócio criativo com estratégias de vendas simples que você pode...