Como transformar seu hobby em um negócio

Como transformar seu hobby em um negócio

Você já pensou que pode transformar seu hobby em um negócio sustentável? E se você está pensando algo como “eu tenho um hobby que também é meu negócio”, a gente precisa conversar. Por mais que você ame o seu trabalho, existem algumas diferenças muito importantes entre ter um hobby e ter um negócio.

No artigo de hoje, a gente decidiu mostrar um pouco da diferença entre essas duas possibilidades e, principalmente, como transformar o seu hobby num negócio pode ser um caminho pra trabalhar com o que ama e ainda construir um negócio sustentável e rentável.

Você tem um hobby ou um negócio?

Se você já está no empreendedorismo criativo ou se já está nessa jornada de qualquer outra maneira, a primeira pergunta que você deve fazer é essa: eu tenho um hobby ou um negócio?

Pode ser que não tenha muita diferença num primeiro momento, principalmente quando o seu negócio é pequeno, mas, conforme ele vai crescendo, as expectativas vão mudando e você precisa se responsabilizar por algumas partes operacionais que não existem dentro de um hobby. É preciso lidar com fornecedores, vendas, marketing, logística etc. Esses são pontos essenciais do empreendedorismo que não fazem parte um hobby.

Além disso, o hobby preenche o seu tempo vago e, normalmente, quando você está inspirado.

Vamos imaginar que você trabalha com lettering. Enquanto é apenas um hobby, você pode fazer com desprendimento. Você só para pra fazer lettering quando está animado ou inspirado.

Agora, quando você trabalha com leterring como um negócio, você não pode depender de momentos criativos ou vontade. Você precisa desenvolver métodos pra exercitar essa criatividade e produzir dentro de uma rotina.

E presta atenção aqui: não existe problema nenhum em não querer transformar seu hobby num negócio. Muitas pessoas escolhem seguir por esse caminho. Mas você precisa ter a consciência de que as duas coisas são diferentes!

Você quer transformar seu hobby no seu negócio?

Sabendo dessas principais diferenças entre ter um hobby e ter um negócio, você precisa se decidir por qual caminho deseja seguir. A gente sabe que algumas pessoas podem se assustar com as responsabilidades de ter um negócio, mas trabalhar com aquilo que a gente ama e gerar valor pro mundo é incrível. É assim que se constrói um negócio de expressão, como a gente falou nesse artigo aqui.

E aqui a gente entra no primeiro passo que você precisa dar pra transformar seu hobby em um negócio:

O hobby só precisa ter valor pra você. Um negócio precisa gerar valor para o mundo!

Quando você descobre o valor do seu trabalho no mundo e como as pessoas podem usufruir daquilo que você faz, você está dando o primeiro passo para transformar o seu hobby num negócio.

Ainda no exemplo do lettering que a gente usou ali em cima, enquanto você faz um lettering que te agrada esteticamente, você está gerando valor apenas pra você. Agora, se você faz o lettering como uma ferramenta de construção de identidade, por exemplo, você está gerando valor pra outras pessoas e pode cobrar por isso. Por exemplo: desenvolvendo marcas para empresas, fazendo quadros pra decoração, criando tatuagens e por aí vai…

Esse é apenas o primeiro passo pra transformar o seu hobby em um negócio, mas é um passo decisivo. A partir daí, você precisa adquirir um conhecimento mínimo de empreendedorismo, gestão, vendas, marketing etc. pra manter o negócio funcionando.

Jornada Criativa

Descubra seu próximo passo

Bora descobrir em que momento da sua jornada criativa você está? Aqui na Nave, a gente tem um quiz que vai te ajudar a encontrar o próximo passo

Outras postagens
A diferença entre sabotadores e multipotenciais

A diferença entre sabotadores e multipotenciais

Você sabe dizer qual é a principal diferença entre sabotadores e multipotenciais? Existem algumas características muito específicas desses dois...
Capital Humano: o principal recurso dos multipotenciais!

Capital Humano: o principal recurso dos multipotenciais!

Você talvez nunca tenha pensado qual é o principal recurso de pessoas multipotenciais. Afinal, são muitas áreas de conhecimento...
O poder da multipotencialidade em tempos de especialidade

O poder da multipotencialidade em tempos de especialidade

Você passou tanto tempo ouvindo as pessoas dizerem que precisava se tornar especialista em alguma área de trabalho que...
Como encontrar seu público-alvo?

Como encontrar seu público-alvo?

Encontrar o seu público-alvo é um dos passos mais importantes pro seu negócio crescer de um jeito sustentável. E...
O que é um negócio de expressão?

O que é um negócio de expressão?

Você já tem um negócio de expressão? Pra gente, os melhores negócios não são aqueles que estão na lista...
6 maiores desafios do empreendedorismo criativo

6 maiores desafios do empreendedorismo criativo

A gente sempre ouve muitas pessoas falando sobre o os desafios do empreendedorismo, mas você já pensou que empreendedores...