29 de novembro de 2018

Quer começar fazer vídeos? Confira 5 tendências pra entrar em ação e testar já!

Confira as principais tendências apresentadas por especialistas durante a VidSummit 2018 e comece a fazer vídeos incríveis pro seu negócio!


Vídeos: ame-os ou ame-os!

Os vídeos estão dando o que falar. Não tem jeito! Em algum momento você irá lançar mão desse formato pra gerar um conteúdo phoda pra galera que acompanha sua marca ou projeto. O bichinho dos vídeos já te picou? Se ainda não, depois desse post com as 5 tendências fisgadas diretamente da VidSummit, você vai querer começar fazer vídeos!


Fazer vídeo é coisa de Youtuber?

Vídeos são versáteis, dinâmicos e o melhor jeito de se aproximar de sua galera. Repara só que nos últimos tempos produtores de conteúdo como Whindersson Nunes, Dani Noce e Carlinhos Maia ganharam grande repercussão por utilizarem os canais e formatos de vídeo pra gerarem conversa. Os creators, como são chamados pela aceleradora de negócios digitais YouPix, constroem a partir de seus conteúdos uma relação consistente com sua audiência, elevando assim o nível de relacionamento ao nível de comunidade. Comunidade é o xis da questão e é construída através dessa autenticidade e voz desses e outros produtores de conteúdos em vídeos que impactam positivamente essa audiência assídua a partir da troca informação e geração conversa, criando um engajamento sólido, ficando tête-à-tête essa comunidade, que os acompanha e compartilham seus conteúdos, através do famoso boca a boca.

E enquanto lia esses exemplos, você pensou: “fazer vídeos não é minha praia! Porque não quero virar Youtuber ou influenciador digital!”. Pensou isso daí do outro lado?

A verdade é que os vídeos também são uma poderosa ferramenta de conexão com a galera que acompanha o seu trabalho. E pode ser que você até já esteja usando esse danadinho, pensa só: Quantas vezes você já usou o Stories pra contar uma novidade do seu projeto? Pois é, mesmo esses 15 segundos de vídeo podem gerar um engajamentão da poha e te levar pra mais perto das pessoas que te acompanham.

Explorar os formatos, dominar os canais, encontrar sua voz e seu jeito de contar histórias não é só coisa de Youtuber ou influenciador, é coisa também de empreendedor, sim senhor!


Rolê da Nave na VidSummit 2018

E por falar em vídeos pra negócios e projetos, vamos te contar um pouco sobre a experiência na VidSummit 2018. O evento é anual e os convidados pra palestrar e compartilhar são especialistas, como Gary Vaynerchuk e também criadores da “vida real”, gente como a gente, que se destacaram na produção de conteúdo audiovisual autêntico e criativo pra seus negócios, projetos e marcas. A VidSummit é uma conferência voltada para estratégias de vídeo marketing e em cinco dias de evento rolou um bocado de inspiração e referência pra quem quer se experimentar em frente às câmeras e começar fazer vídeos.

De anteninhas ligadas e ouvidos atentos, Rafa Cappai e Bruno Peixoto fisgaram CINCO TENDÊNCIAS EM VÍDEO que vão te ajudar a criar seu planejamento editorial pra começar fazer vídeos.

Vamos lá? LUZ, CÂMERA, AÇÃO! Espie abaixo as 5 tendências:

1ª Vídeos, a hora é agora!

Podemos traçar um marco com relação ao potencial dos vídeos quando o Stories foi lançado no Instagram, em 2016! Passou rápido demais pra você? O formato tão acessível se tornou popular e hoje em dia é difícil a gente se imaginar sem ele.

Desse tempo pra cá as plataformas estão se atualizando pra receber conteúdo em vídeo de forma nativa e os algoritmos estão cada vez mais dando a devida atenção a esse formato. Os vídeos estão pegando geral e para além da vergonha e do medo se colocar em frente às câmeras está na crista da onda! 

Aproveitar a ferramenta do vídeo que consegue colocar mais camadas de informação pra quem assiste, isso enriquece a mensagem. ~ Bruno Peixoto.

A diversidade de formas de expressão e entrega que os vídeos permitem são ilimitadas! E o consumo desse conteúdo tende só a aumentar. Se você é um observador nato deve ter percebido isso e vai saber me responder: qual foi a última vez que você LEU um manual de instruções? E qual foi a última vez que você ASSISTIU um manual de instruções?

Viu, só? A sua própria experiência de consumidor aponta os caminhos!

2ª Viva a LIVE!

A troca ao vivo, tem jeito mais orgânico de estar perto da sua audiência?

As LIVES deram o ar da graça com o lançamento da ferramenta Periscope (alô interneteiros raíz!), quem aí já usou?

Mas as principais redes sociais tem o formato LIVE pra chamar de seu e construir uma relação mais próxima com sua galera através dos vídeos ao vivo nunca foi tão fácil.

O que a gente tem de mais valioso pra entregar pra qualquer pessoa é a nossa presença. ~ Rafa Cappai.

LIVE de bastidores, LIVE pra contar alguma novidade, LIVE pra dar uma aula, LIVE coletiva com uma pessoa que está a milhas e milhas distantes de você (Thanks, Instagram!), LIVE, LIVE, LIVE, LIVE-SE!

As interações acontecem mais num vídeo ao vivo e aí as pessoas ficam mais tempo assistindo aquilo, e os algoritmos entendem que aquele conteúdo é relevante. ~ Bruno Peixoto.

Vídeos ao vivo não precisam de mega produção e 30 minutos de presença podem gerar um valor pra lá de positivo pra sua audiência. Experimenta! Experimenta!

3ª Dar voz a sua voz

A sua maneira de ver o mundo, o seu capital humano e criativo é o que mais importa no processo de criação autêntica.

Dar voz ao seu momento e as experiências que está vivendo e já viveu, geram um conteúdo autorial que permite uma conexão sólida com seu público. Não importa o ponto que você e seu negócio estão, traga sua verdade pra mundo!

4ª Sua audiência é a sua religião

Não importa se você tem 10, 10 mil ou um milhão de pessoas que acompanham o seu trabalho. Cuide de cada uma delas da mesma maneira, crie com o mesmo ânimo e esteja presente do mesmo jeito! 

Esse é o recado do Gary Vaynerchuk pra quem produz conteúdo ou quer começar a criá-los:

A única religião que você deveria ter é a sua audiência! ~ Gary Vaynerchuk

Para além dos número, foque em se conectar!

Conexão é gerada de pessoa pra pessoa e se dar conta disso é pralá de valioso!

5ª Criatividade sim, mas estratégia também

Você faz um conteúdo incrível, super criativo e você cuidou de cada detalhe da produção, mas na hora da promoção, de mostrar pro mundo o que você tem feito, o conteúdo não performa bem. E você pensa na bad: “Ora bolas, o que está de errado comigo?”

O processo criativo é uma delícia, mas pra sua mensagem chegar em mais gente não dá pra esquecer do lado estratégico da coisa.

Nos seus vídeos, por exemplo:  você pensa na thumbnail? Pesquisa as palavras-chave pra descobrir o que a galera quer saber sobre o tema?  Se preocupa em fazer uma descrição bacana? O seu título, ele é a cereja do bolo? E você responde os comentários do seu público?

Essas são algumas ações essenciais e fáceis de adicionar ao processo de planejamento e produção de conteúdo,  pra encontrar o caminho do meio entre a criatividade e as estratégias, fazendo com que seu trabalho alcance mais gente! Mãos a obra?

“Pra sua criatividade brilhar, pra de fato impactar as pessoas, você agora precisa prestar atenção na parte estratégica.” ~ Rafa Cappai.

Tem vídeo?

Segundo WireBuzz, 80% do conteúdo consumido nas interwebs até 2020 serão vídeos! É óbvio que a gente, que não quer perder essa onda, iria preparar um conteúdo em vídeo sobre essas tendências fisgadas no VidSummit, né?! Confira abaixo o #rolêdanave com Rafa e Bruno em L.A durante a VidSummit 2018:

Vídeo não é mais tendência de futuro, vídeo é tendência de presente. ~ Rafa Cappai


O que eu preciso ter pra como começar fazer vídeos pro meu negócio?

Apenas de um celular e um bocado de criatividade, é  sério, seríssimo! Produzir conteúdo em vídeo é mais fácil e democrático do que você imagina, quer saber como?

Vem cá e conheça o Smart PUNCH! Online, o nosso workshop de vídeos com o celular.

 

 

Veja mais em: Bússola

Receba dicas de como transformar
paixão e talento em negócio!






Black Friday: 5 motivos pra não fazer e 8 dicas de como fazer a ação no seu negócio criativo.

Antes de liberar um desconto pra sua audiência, vamos bater um papo e colocar umas coisinhas no papel? Novembro é sinônimo...